Gesso ou reboco comum, o que é melhor para paredes?

Gesso ou reboco comum, o que é melhor para paredes?

Quais as vantagens e desvantagens de usar gesso como acabamento nas paredes de uma casa? Que vantagem há também em usar o reboco comum com massa de cimento e areia?

As alternativas de materiais e métodos usados na construção civil são os mais diversos possíveis, para quem está construindo ou pretende construir chega a ser complicado escolher entre um e outro material ou entre um e outro processo que será usado na construção. O acabamento de uma parede é um bom exemplo e hoje contamos com pelo menos duas alternativas bastante usadas que é o reboco comum com massa de cimento ou o gesso que tem sido usado bastante na substituição do reboco.

Reboco comum

É o método mais tradicional e usa materiais tradicionais como massa de cimento e areia. Este método tem como vantagem ser mais resistente inclusive a água, pode ser usado interno e externo e é bastante durável. Tem como desvantagem o custo final já que envolve reboco, massa corrida para acerto da parede e ainda pintura.

Vantagens do reboco

  • É resistente pois é feito de massa de cimento, com isso ele forma uma camada uniforme e muito sólida;
  • Pode ser molhado. Não tem problemas com batida de chuva, mas o excesso de água pode causar infiltração;
  • Permite vários tipos de acabamento, como massa corrida, pintura direta, papel de parede, grafiato, pedra, entre outros;
  • Pode ser furado para colocação de armários, quadros e outros tipos de objetos

Desvantagem do reboco

  • O custo é mais alto, pois além de demandar bastante material de construção, como cimento. areia e outros, exige bastante mão de obra;
  • Pode haver trincas, especialmente em construções novas onde ocorre um período em que a parede “vai se ajustando”;
  • Embora seja resistente a água, pode haver infiltração quando há excesso de chuva ou umidade constante

Gesso

O uso do gesso em substituição ao reboco tradicional é uma alternativa bastante indicada para muitos casos e ele apresenta algumas vantagens como:

  • Rapidez na aplicação
  • Economia de tempo e possivelmente de custo
  • Bom acabamento da parede
  • Entre outros

Mas o uso do gesso requer cuidados, pois é um material extremamente sensível a água e portanto seu uso deve ser feito em locais secos e bem protegidos contra umidade, chuva e outras formas de contato com água. Basicamente ele apresenta como desvantagens os seguintes itens:

  • Não pode ser usado em paredes externas ou pelo menos não se elas estiverem expostas a chuva
  • Não pode ser usado em paredes que possa receber umidade
  • Não pode ser lavada
  • É menos resistente que o reboco comum.

Contudo o uso de um ou outro acabamento na parede depende de muitos fatores que devem ser considerados no projeto. Em minha casa optei pelo reboco comum de massa, mas devo usar alguns detalhes apenas no teto em gesso que é o que muita gente tem feito também. Apesar de ser uma proposta interessante, creio que pelo menos no meu caso usar gesso como acabamento nas paredes não é uma opção viável.

Qual é o melhor?

No Brasil a nossa cultura de construção ainda é pelo reboco, em outros países, como nos Estados Unidos e Canada, onde há muitas construções de madeira, o uso de gesso ou dry-wall é bastante comum.

Dizer qual é o melhor é bastante difícil e precisamos analisar todas as características mostradas acima, bem como outras para então compreender o que é melhor para cada construção. Na dúvida, opte pelo reboco. Esta é uma regra bem simples.

Alguns cenários mais propícios ao uso de gesso

  • Sanca de gesso
  • Pequenos acabamentos para fechamento de espaços
  • Apartamentos
  • Paredes de madeira ou fechamento com dry-wall
  • Paredes internas
  • Entre outros

Alguns cenários mais propícios ao uso do reboco

  • Paredes de alvenaria
  • Áreas externas
  • Muros
  • Áreas molhadas como cozinhas, banheiros e áreas de serviços
  • Entre outros

Fonte: http://www.casadicas.com.br/materiais/gesso-ou-reboco-comum-o-que-e-melhor-para-paredes/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *